Será a pessoa certa?

Em uma de suas melhores tiradas, a escritora Martha Medeiros acerta em cheio. Quem será a pessoa certa para compartilhar momentos únicos com a gente? A crônica, publicada no primeiro final de semana de março deste ano, dá o que pensar. Temos a visão da pessoa certa dentro dos padrões estabelecidos – que definiram para nós – e aquela que simplesmente nos faz rir, que é divertida ou aloprada…Aquela que não sabe tudo, mas é espirituosa…

Compactuo com Martha, especialmente quando ela diz “acreditar que existe a pessoa certa é a razão dos nossos problemas de relacionamento”. Fora a busca dos indisponíveis, estes sim, fonte de frustração e dor para tantas mulheres, os errados e simpáticos podem estar por aí, esperando nosso olhar certeiro. Porque afinal tudo é uma questão de construção, de dizer o que pensamos e sentimos, ao invés de esperar que adivinhem por ordem divina os nossos desejos.

Em plena Semana da Mulher, lanço um provocação: que tal avaliarmos quantas vezes fazemos o papel de pessoas erradas para nós mesmas, sofrendo além da conta, dando asas e espaço para quem não nos merece, buscando um ciclo de apego-desapego que sabe-se lá onde vai dar…Acreditando que vida deu certo para os outros. A vida pode dar certo para todo mundo. Porém, que fique claro: não existe almoço grátis para ninguém. Então, bora olhar para a intuição, para aqueles que nos trazem momentos gostosos, com os quais o convívio é leve. Bora promover mais encontros físicos e menos virtuais. Ler mais em conjunto, abraçar mais, chorar, viver!

Mulheres de todos os cantos: sejam inteiras e, nesta Semana tão especial, tirem um tempo para si, para confraternizar com as amigas, com os amigos verdadeiros, pois a celebração é uma das maiores artes da vida.

Vamos de Fernando Pessoa?

Ah, quanta vez, na hora suave

Eu que me esqueço,

Vejo passar um voo de ave

E me entristeço!

(…)

Por que ter asas simboliza

A liberdade

Que a vida nega e a alma precisa?

Sei que me invade

(…)

Um desejo, não de ser ave,

Mas de poder

Ter não sei quê do voo suave

Dentro do meu ser.

 

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s