Vem aí o X Fórum Mundial da Paz

Logo WPF.jpg

ywpf2

 

Pela primeira vez, evento chega ao continente americano e terá como sede
a cidade de Florianópolis.  As atividades devem reunir 2 mil pessoas
e delegações de 60 países entre os dias 22 e 25 de setembro de 2016.

     O X Fórum será realizado no Centro de Eventos Governador Luiz Henrique da Silveira, na capital catarinense.  “A opção pelo Brasil faz parte de uma estratégia internacional de realizar o fórum nas Américas, porque o conceito da educação para a paz deve ser construído em toda parte e a ideia precisava de um local mais permeável a essa nova cultura”, relata a filósofa Dulce Magalhães, presidente do X Fórum Mundial da Paz. Antes mesmo da primeira edição internacional do evento, em 2007, Dulce já era entusiasta e motivadora do tema ao coordenar o I Festival Mundial da Paz, em 2006. Agora, essa trajetória se une a Schengen Peace Foundation, realizadora mundial do Fórum da Paz, e à Unipaz, organizadora local do evento, para concentrar diversas ações e mobilizações internacionais a partir do Brasil.

                A expectativa é reunir 2 mil pessoas ao longo dos quatro dias do evento. Já estão confirmadas delegações dos Estados Unidos, Serra Leoa, Jordânia, Espanha, Itália, Romênia, Líbia, Egito, Marrocos, Portugal, Congo, Palestina, Equador e México, principalmente de jovens. Os vizinhos Argentina, Uruguai e Paraguai também estão mobilizados para esse encontro global que deve totalizar representantes de 60 países no Brasil. “É o momento para conhecer e reconhecer quem mais está buscando um estado pacífico no mundo. É um fórum para partilhar saberes, trocar soluções e experiências. Mais que isso, é uma importante concentração de pessoas unidas para revitalizar o desejo de paz e reacender os interesses e as ações em prol desse objetivo em comum”, detalha a presidente do Fórum.

         

                Múltiplos encontros

                O Fórum Mundial da Paz será constituído de três eventos. Além do Fórum propriamente dito, haverá o Festival Mundial da Paz, uma atividade global que reunirá manifestações pela paz feitas por crianças e jovens de 118 países no Dia Internacional da Paz, 21 de setembro, das 11h às 12h. Essas atividades serão transmitidas pela Unity, a rede difusora de comunicação virtual das Nações Unidas.

                Haverá um espaço para os jovens no local do evento. O Youth World Peace Forum terá encontros e atividades mais voltadas a esse público nos dias 23 e 24 de setembro. No dia 23, a programação também contempla uma conexão simultânea de duas horas feita com centenas de jovens dos cinco continentes.Na abertura e no encerramento do Fórum, 22 e 25 de setembro, as atividades serão conjuntas.

                O engajamento para uma sociedade pacífica começa ainda na infância com a Carrinhada de Bebês pela Paz, um encontro com crianças, famílias e professores reunidos em uma manifestação coletiva no Calçadão da Avenida Felipe Schmidt, no Centro de Florianópolis, no dia 22 de setembro, das 11h às 12h. Também está prevista uma ação surpresa na cidade: um Flash Mob, com cerca de 200 pessoas reunidas em uma dança pela paz.

                O tema We Believe – Nós Acreditamos permeará todas as atividades, que contemplarão um dia dedicado à Ecologia (We Believe in Changes, em 23 de setembro), à Humanidade (We Believe in Rights, em 24 de setembro) e no Dia da Educação para a Paz (We Believe in Peace, em 25 de setembro).  “Como é um fórum, o evento é aberto às inscrições e às apresentações do público em geral, interessado em mostrar suas práticas e vivências pela paz”, esclarece Dulce Magalhães.

                Religiões pela paz

                O X Fórum Mundial da Paz também reunirá representantes de várias correntes religiosas. Em uma celebração que congregará várias culturas e diferentes crenças, eles participarão de uma corrente de bênçãos coletivas na abertura do evento. Também estarão presentes ao longo da programação com reflexões e propostas para uma educação para a paz. 

                A conferência de encerramento será realizada pela ONU. A participação irá culminar com a entrega da Proposta 1% para a Paz, elaborada pela Rede Paz de Buenos Aires. “A ideia é que 1% do orçamento dedicado à segurança e ao combate à violência de cada País seja destinado a ações de educação pela Paz. No ano seguinte, os resultados serão avaliados e se houver melhora, o compromisso é investir 1% a mais. Assim, ao longo dos anos, a intenção é inverter a lógica e investir mais em educação para a paz que em combate à violência”, resume a presidente do X Fórum Mundial da Paz.

                As inscrições devem ser feitas pelo site forummundialdapaz.org e incluem a participação em todas as atividades, além de oito refeições, ao longo dos quatro dias do evento. Interessados em apresentar projetos ou experiências e em aderir ao Fórum Mundial da Paz como voluntário também podem entrar em contato pelo telefone +55 (48) 3047-7600 ou pelo email: contato@worldpeaceforum.org.

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s